︎

YUUTS RUOY 

Vómito de Artista

Revista - 1ª edição
Janeiro 2020


Editada em suporte físico e digital com periodicidade anual. Funciona como arquivo, registo e exposição imanente portátil de obras, pesquisas, processos criativos, artistas e coletivos das mais diversas áreas artísticas.
A publicação desta recolha assume tanto o valor de conservar como - e principalmente - de documentar o presente da cultura artística dissidente Portuguesa.



MECÂNICA LINGUÍSTICA / MANIFESTAÇÃO LINGUÍSTICA / CONJUNTO DE PALAVRAS E FRASES ENCADEADAS OU TEXTOS
Çal
Carincur
Vasco Completo
João Pedro Fonseca

DIÁLOGOS ENTRE DUAS PESSOAS EM LOCAL DETERMINADO / INTERLOCUÇÕES / FALAS / CONVERSAS / DIÁLOGOS
Ana Rita Romão
Carincur
Çal
Pedro Lisboa
Sara Rio Frio
Teresa Martelo

COMUNICADOR INTERLINGUAL / ”TRADUTTORE, TRADITORE”TRADUTOR (EM PORTUGUÊS, “TRADUTOR, TRAIDOR”/ TRAIDOR QUE TRAIU O TEXTO ORIGINAL PARA CONSEGUIR REESCREVÊ-LO EM OUTRA LÍNGUA OU TRADUTOR)
Teresa Martelo
Pipsy Roque
Tomás de Vasconcelos
Tomás Frazer

SUPERFÍCIE SENSÍVEL / REGISTO E REPRODUÇÃO ATRAVÉS DE REACÇÕES QUÍMICAS EM SUPERFÍCIES / NATUREZA MORTA OU FOTOGRAFIA
Ana Rita Romão
Miguel Santarém
Pipsy Roque
Pedro Antunes


DESIGN GRÁFICO / COORDENADAS VISUAIS
Joana Lourencinho Carneiro

DESIGNERS EM COLABORAÇÃO
Beatriz Granado
Mariana Vale
Joana Pardal
Diana Ferreira
Irina Pereira
Luís Cepa
Rita Gaspar
Ana Teixeira
Serafim Mendes
Clara Pessanha
Raquel Peixoto
Beatriz Blasi
Catarina Rosário
Angelina Velosa
Mariana Costa
Gonçalo aka Tear of Emotions
Ana Paiva
Fábio de Carvalho
Rodrigo Gomes
Margarida Olo
Abel Martins


PERIODICIDADE
Anual

PÁGINAS
140

TIRAGEM
200 exemplares 

IMPRESSÃO
Fig Indústrias Gráficas, SA - Coimbra

AGRADECIMENTOS ESPECIAIS
Aos nossos queridos Patronos:
Cheila lidia da cruz silva
Diogo Sousa Carvalho
Elsa Ferreira
Eva Oliveira
Francisco Alves
Francisco Pessegueiro
Helena Isabel Cardoso Laiginhas Afonso
João Quitério
Mário Rui Pereira
Natacha
Pipsy Roque
Ricardo Filipe Vilaça Karitsis
Tomás de Vasconcelos
Ángela Conde
Ânia Ferreira

Aos espaços associativos que nos apoiaram:
Desterro: Darc - Desterrense Associação Recreativa E Cultural
Anjos 70: NCR – Núcleo Criativo do Regueirão

E a todas as pessoas que ainda acreditam que é possível tirar do subsolo todos os Artistas que lá actuam.


COMPRAR ︎︎︎